Categorias dos Produtos:


Anunciantes

Pagamento Express no Bcash da Capa de Maquina Frontal

Quant.:
  
 
Mais condições

Visualizando- Viva intensamente, como se fosse o ultimo dia..

  • Viva intensamente, como se fosse o ultimo dia.. - Imagem 1

  • Saiba mais do Produto, clicando nos Videos.

O maior prazer da vida é olhar pra trás e sentir orgulho da sua história. 

O grande segredo é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o Aqui e Agora! 

Claro que a vida nos prega partidas . É lógico que, por vezes, o bolo sai mal, o pneu fura, chove demais... 

Mas... pense só: tem graça viver sem rir pelo menos uma vez por dia? 

Ás vezes esperamos demais das pessoas... Normal! 

O dinheiro que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou... Normal! 

Todos nós devemos transformar tudo numa boa experiência. 

O nosso desejo não se realizou? 

Óptimo, não era chegada a hora, concerteza não deveria ser a melhor coisa para esse momento! 

Apesar que me lembro de uma frase que dizia: 

Cuidado com seus desejos, eles podem tornar-se realidade. 

Mas tudo bem. 

Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano. Não adianta lutar contra isso. 

Acredito que ou nos conformamos com a falta de algumas coisas, ou nos esforçamos para realizar todas as nossas loucuras... se eu fosse você... ficaria com a última. 

Seja forte o suficiente para enfrentar os obstáculos. 

Paciente para saber esperar o resultado! 

Será capaz de reconhecer no final, todo o seu esforço e ver que ele não foi em vão. 

No final de cada jornada (a vida é cheia delas) olhe pra trás e enxergue uma vida maravilhosa, cheia de alegrias, viagens, sorrisos, amores, paixões, beijos, abraços, amigos, realizações e conquistas. 

Verá que afinal tem inúmeros bons momentos para relembrar; veja o pôr do sol e o seu nascer. Lembre-se também dos momentos difíceis, porque eles nos ensinam a crescer. 

Relembre as noites de insónia, daquelas que acabam virando momentos reflectores da nossa vida. 

Recorde as noites de poucas horas de sono, por causa daquela tão esperada balada. 

Ao olhar pra trás veja que cometeu loucuras em certos momentos, mas que também agiu com consciência em outros. 

A vida precisa de um pouco de equilíbrio. 

Chore quando for preciso desabafar aquela agonia incontrolável. 

Sinta-se cansado... exausto... de tanto pular... gritar... dançar e cantar... 

E no fim da noite pense:

VALEU A PENA! -  Autor desconhecido

 

Descoberto pelo inimigo alemão em seu esconderijo em meio aos escombros de uma Polônia devastada pela Segunda Guerra, Władysław Szpilman toca daquela vez como se fosse a última.. Trecho do filme "O Pianista" de Romam Polansky.

 


Pessoas que visualizaram este artigo também visualizaram: