Categorias dos Produtos:


Anunciantes

Pagamento Express no Bcash da Capa de Maquina Frontal

Quant.:
  
 
Mais condições

Visualizando- O Gengibre e seus poderes

  • O Gengibre e seus poderes - Imagem 1
  • O Gengibre e seus poderes - Imagem 2

  • Saiba mais do Produto, clicando nos Videos.

O que é o Gengibre?

Alimento termogênico, vegetal favorece o sistema digestivo, respiratório e circulatório. O gengibre(Zingiber officinale) é uma planta herbácea da família das Zingiberaceae, originária da ilha de Java, da Índia e da China, de onde se difundiu pelas regiões tropicais do mundo. Outro nome conhecido no norte do Brasil, é Mangarataia

 

 Porque o Gengibre é Picante?

 O gengibre apresenta uma substância chamada gingerol responsável pelo sabor picante do gengibre, dotada de propriedades antissépticas, antioxidantes e anti-inflamatórias que protegem o organismo de bactérias e fungos.

 

Que benefícios traz para o organismo? 

·      Possível ação anticancerígena. O gingerol, substância responsável pelo sabor exótico do gengibre, seria capaz de deixar mais lento o crescimento dos tumores de intestino. Experiências da Universidade de Michigan (EUA) apontam o pó extraído da raiz como um ótimo coadjuvante no tratamento do câncer de ovário, por levar as células cancerígenas a cometerem apoptose (espécie de suicídio) e autofagia (canibalismo).

·      Ajuda na circulação sanguínea.

·      O chá de gengibre é indicado para combater gripes, resfriados e tosse.

·      O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal. As substâncias termogênicas contidas no gengibre têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e aumentando a queima de gordura. A termogênese é um processo regulado pelo sistema nervoso e interferências neste sistema podem favorecer o emagrecimento. Para obter os benefícios termogênicos do gengibre, o ideal é o consumo diário, mas dentro de um limite estabelecido para que o aumento do metabolismo não se torne prejudicial. No caso do gengibre, é recomendada uma fatia média ou uma colher de café da forma em pó.

·      O gengibre ajuda melhorar dores estomacais, pois combate enjoos, gases, indigestão, náuseas causadas pelo tratamento do câncer e perda de apetite.

·      A raiz também é bastante utilizada para combater o mau hálito, cólica menstruales  até ressaca.

 

Como podemos consumir o gengibre?

-Sucos: tem ação anti-inflamatória, favorecendo a eliminação de toxinas do organismo. O suco gera mais disposição para o corpo, melhora a aparência da pele e o funcionamento do intestino. Para ficar mais saboroso, bata no liquidificador com abacaxi, hortelã ou raspas da casca do limão.

-Chás: a infusão de pedaços frescos de gengibre é utilizada no tratamento de gripes, tosses e resfriados. Além de ser um relaxante eficaz, hidrata o corpo e ajuda a eliminar as toxinas, ajudando também no emagrecimento, devido à sua ação termogênica. O preparo consiste em deixar raízes, cascas ou talos de molho por cerca de 30 minutos e, após esse período, acrescentar água e levar o gengibre ao fogo por mais de 30 minutos.

 -Pedaços: mastigar as lascas de gengibre, assim como chupar a bala, ajuda a aliviar a rouquidão e irritações na garganta, mas é preciso atenção, pois, elas somente mascaram a dor. O gengibre irá aliviar os sintomas até que o corpo se encarregue de curar a doença.

-Na panela: o gengibre pode ser utilizado no preparo de pratos doces e salgados da culinária. Pode ser encontrado desidratado, fresco, em conserva ou cristalizado. Cuide para não substituir uma forma pela outra nas receitas, pois seus sabores são distintos


Quem não pode consumir gengibre?

 A princípio, o consumo do gengibre é seguro para a maioria das pessoas. Mas as seguintes pessoas devem evitar sua ingestão:

 ·      Gestantes.

·      Pessoas com Hipertireoidismo.

·      Pacientes com distúrbios hemorrágicos.

·      Pacientes com doenças cardíacas.

·       Diabéticos: O vegetal ainda diminui os níveis de glicose no sangue, podendo ser necessário o reajuste das doses de insulina por pessoas que sofram de diabetes.

·       Pacientes que fazem uso de medicamentos para diminuir a hipertensão.



Pessoas que visualizaram este artigo também visualizaram: